ir para o conteúdo
















Formação e Pesquisa

A Rede de Formação e Pesquisa (RFP) do Sesc foi constituída em 2002, sob a coordenação do Departamento Nacional e participação de representantes dos Departamentos Regionais, com a finalidade de fomentar trocas, compartilhamentos e aprendizados colaborativos.

Diante do desafio da formação continuada das equipes geograficamente dispersas, durante o ano de 2005 foi adquirido o sistema de videoconferência, dado o início da implementação dos pontos de recepção em todos os Departamentos Regionais, realização dos testes de acesso e ambientação dos usuários para integrar o uso da videoconferência às ações da Rede. Dessa forma, em 2006, dando continuidade a essa estratégia, a primeira ação formativa a distância promovida pelo Departamento Nacional foi a Formação dos Gestores dos Departamentos Regionais. A partir de então, boa parte das iniciativas adotaram este método que trouxe a possibilidade de ações síncronas abrangendo a maioria das equipes.

A partir de 2011 a Rede passou a investir esforços na estruturação de ações formativas pelo Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA-RFP), que inicialmente foi utilizado como repositório de conteúdo, com o objetivo de complementar as ações realizadas por videoconferência. Em 2013, o AVA-RFP assumiu protagonismo enquanto estratégia de formação em rede, quando passam a ser utilizados os recursos de colaboração e interatividade como os fóruns, chats e demais atividades. No ano de 2018, a atualização da versão da plataforma escolhida: Moodle, além da renovação da interface, que tornou o ambiente virtual mais intuitivo, fácil de navegar, possibilitou maior engajamento dos usuários.

A Rede de Formação e Pesquisa do Sesc estrutura-se em três eixos de ação:

  • _ Formação Continuada e Desenvolvimento de Equipes 
    Programas e ações estruturados de formação continuada, a partir de atividades presenciais, semipresenciais e a distância, valorizando a dinâmica de aprendizagem colaborativa em rede, com a articulação entre os diferentes processos educativos desenvolvidos nos âmbitos local, regional e nacional.
     
  • _ Pesquisa, Experimentação e Desenvolvimento Institucional 
    Destina-se a subsidiar a formulação, implementação e avaliação de políticas e programas nacionais e regionais, possibilitando o aprofundamento do conhecimento acerca do trabalhador e da realidade brasileira, a consolidação dos referenciais institucionais, e o aprimoramento constante da ação do Sesc. Inclui as atividades referentes aos estudos socioterritoriais e à formulação e experimentação de projetos, que têm grande potencial para a qualificação crescente.
     
  • _ Memória, Documentação e Difusão do Conhecimento 
    Reúne dimensões de atividades mais diretamente caracterizadas pela ampliação do acesso ao conhecimento e sua apropriação como bem público, contribuindo, também, para fortalecer os mecanismos de preservação e difusão da memória institucional e dar visibilidade ao conhecimento institucional.